Os 15 maiores PIB’s do mundo não permitem que terceiros fabriquem suas moedas